terça-feira, 26 de agosto de 2008

Croa do Goré

A Croa do Goré é uma pequena ilha de areia branca que surge com o movimento da maré, localizada no rio Vaza-Barris, entre os municípios de Aracaju e São Cristóvão. A ilhota recebeu seu nome em homenagem póstuma a um amante da natureza e das águas, o Goré, admirador do local.

Nos finais de semana, a Croa atrai visitantes em busca de lazer e sossêgo. Chega-se de lancha, barco ou catamarã, saindo do atracadouro do Mosqueiro, num percurso que dura de 10 a 15 minutos. O caminho percorrido já dá uma amostra das belezas que o visitante vai encontrar: manguezais nativos, pequenas ilhas fluviais e vegetação preservada, fazendo contraste com as belas mansões construídas às margens do rio.

O local conta com a estrutura rústica composta de cabaninhas de palha e um restaurante flutuante, que serve tira gostos como peixe-frito e caldinhos diversos: ostra, sururu, feijão, aratu. Quando a maré sobe, o visitante pode continuar curtindo a natureza subindo num tablado de madeira montado sobre a areia que possibilita a permanência no local.

Quer conhecer? me liga (telefones acima) ou

Mande um email para: viniciusturismose@hotmail.com, que te envio informações complementares.

sábado, 23 de agosto de 2008

Ven a Sergipe y si apaixone

El Estado de Sergipe tiene una ubicacion privilegiada. Situado em el centro de la costa brasileña, la concentracion de uma multitud de atracciones turísticas que encantaran a los turistas, algunos todavia prácticamente sin explorar. Entre todos sus bellezas se destacan, la hospitalidad de su gente, su riqueza cultural y bellezas naturales, exótica e exuberante. Sergipe está consolidado como destino turístico de alta cualidad , tiene una infraesctrutura moderna y servicios de excelente nível para todas las variantes del turismo como ocio, eventos, ambiental, religiosa y contemplativa.

El Estado de Sergipe acaba de más de 22 mil kilómetros cuadrados de tierra bendecida por Dios, y la frontera de uno de costas y aguas cálidas morenas, agradabilisimas para nadar en el mar. És principalmente en la costa que estan instalados los mas de cinco mil camas distribuidos entre hoteles y posadas. El potencial turístico de Sergipe es sorprendente y muy diversificado.

En la capital que tiene una hermosa costa, el interior del Estado, donde, por ejemplo, Caniôn del Rio San Francisco y la cuarta más antiga ciudad de Brasil, San Cristobal, los lugares de interés se multiplican. La comida és otro punto fuerte del turismo em Sergipe. Cualquera que se oponga a cranguejo, las moquecas de pescado, o fritas, el café del noreste, com su carne de sol, cuzcuz , beiju y muchos otros placeres. Ven a Sergipe y si apaixone.

Fonte: Sergipe Trade Tour. Edição 04 - Aracaju 2006. - Traduzido.

sábado, 9 de agosto de 2008

Cidades Turísticas - Simão Dias


Em pesquisa

Cidades Turísticas - Santana do São Francisco


A cidade de Santana do São Francisco foi até bem pouco tempo atrás conhecida como Carrapicho. Distante 125 kms da capital, fundada por portugueses no inicio do sec XIX, após a expulsão dos holandeses que habitavam a região a cidade é um dos principais pólos de produção artesanal de cerâmica. Santana destaca-se por seu variado artesanato em argila, sua principal fonte de renda. Sua belas peças são exportadas para todo o Brasil e podem ser encontradas mundo afora. Tem como principais artesãos: Beto Pesão, Cachoba, Cristina Francisca e outros, que criam obras de arte que encantam os que visitam a cidade. O artesanato absorve 70% da mão de obra do município. Jarros, moringas, animaizinhos e diversos outros tipos de peças são produzidos pelas hábeis mãos dos artesãos de Santana.



Fonte: História dos municípios - Cinform.


Cidades Turísticas - Rosário do Catete

Em pesquisa

Cidades Turísticas - P R O P R I Á


Subindo o rio São Francisco em meados do ano de 1859, o imperador D. Pedro II e a imperatriz Dona Tereza Cristina chegaram a Propriá. Foi ele quem idealizou a ponte que,mais tarde viria a cruzar o rio ligando os Estados de Sergipe e Alagoas. A cidade vive basicamente de pesca e da plantação de arroz às margens do " velho chico", mas em janeiro o ponto alto é a festa de Bom Jesus dos Navegantes que arrasta uma multidão que acompanha as embarcações em procissão pelas águas do rio São Francisco.

Imperdivel !!!